BRASIL, Sudeste, CANELINHA, CENTRO, Homem, de 15 a 19 anos, Português, Inglês, Bebidas e vinhos, Cinema e vídeo, Curtir som de qualidade


16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004


Dê uma nota para meu blog


 Jack - O Estripador
 Sobre Steve Vai
 110V
 Enquanto o Mundo Explode
 Rockstar
 Como Tudo Deve Ser

















































Blog não indicado para pagodeiros
SOBRE "NIRVANA"


Teorias da morte de Kurt Cobain.

TOM GRANT: TEORIAS ou VERDADE?

Tom Grant, é um investigador particular que foi contratado por Courtney Love para localizar Kurt Cobain na manhã de Abril de 1994. Depois de Kurt ser encontrado morto, Grant acreditou que as evidências eram um tanto suspeitas, pouco depois ele começou sua investigação sobre o assassinato. Este resultado está em vários documentos, alguns dos quais você pode ler aqui. Todo material encontrado neste blog pertence a Tom Grant - Copyright 1994-2000.

 

INTRODUÇÃO
Dezembro,1994

O ASSASSINATO DE KURT COBAIN

Resolver um mistério não é sempre um dos trabalhos mais difíceis de um investigador. Romper barreiras de comunicação entre um investigador particular e os policias detetives muitas vezes pode ser impossível. Num Domingo, dia 03 de Abril de 1994, eu fui contrato por Courtney Love com o intuito de localizar seu marido, Kurt Cobain.
Desde a descoberta do copo de Kurt no dia 08 de Abril, na minha investigação continuavam os mistérios com relação a sua morte. Durante a fase inicial desta investigação, erros foram cometidos pela polícia e por mim. Aquilo estava se tornando um caso complicado. As tentativas me fizeram duvidar ou o trabalho me fez enlouquecer de uma maneira que eu preciso dizer. Se aquela tática é tentativa de alguém envolvido diretamente nesse caso, um palavra para o sábio, eu posso fazer alguns roubos e barulhos aqui e ali mas não importa o quanto de dinheiro, poder ou influência você pensar que tem, você será atingido por balas de canhão. Kurt Cobain queria sair. Ele queria sair da turnê, ele queria sair da banda, ele queria sair dos negócios que o estavam pressionando para produzir a música da mídia em vez da dele. Mas Kurt Cobain não quis morrer.
Sem consideração se ouvia um comentário que dizia que Kurt Cobain morreu Domingo à noite, 03 de Abril ou na manhã de Segunda, 04 de Abril. Embora ele ter sido visto no parque local perto do lago no Domingo, 03 de Abril, ninguém alegou tê-lo visto depois das 07:30 Am na Segunda-feira de manhã. Mais informações sobre essa evidência seria cuidadosamente discutida pela mídia.
De qualquer forma duas pessoas sabiam que Kurt foi morto antes e eu estava indo para Seattle a sua procura na Quarta-feira, 06 de Abril.
Ao contrário dos relatórios policiais, a carta não era uma carta suicida.
Não foi escrita para Courtney e Frances. Era uma longa carta detalhada escrita para os fãs de Kurt com um pequeno rodapé pra Frances e Courtney. A carta explicou sua decisão de sair e atuar com a sua banda. Kurt estava deixando Seattle para se encontrar com amigos. Ele queria sair sozinho. Ele não queria ninguém o seguindo incluindo sua mulher. Era disso que a carta falava. Aquilo era TUDO o que a carta dizia. A carta foi escrita por Kurt com a exceção das palavras aderidas que se seguiam: Que vai ser tão mais feliz sem mim. Eu te amo, eu te amo. Aquelas palavras pareciam ter sido escritas por alguém sem o consentimento de Kurt.
Esta foi uma longa e tediosa investigação. Foi também uma situação delicada, ficando num lugar onde eu poderia continuar reunindo informação embora ao mesmo tempo mantinha integridade com respeito a um de meus clientes.
Mantenha seus olhos, orelhas e mentes abertas. Isto não está boiando em volta como uma conspiração especulativa. O caso está sendo provado e aquele envolvido será prosseguido.

POR QUE DEVEMOS NOS CUIDAR COM RELAÇÃO A UM VÍCIO?

Muitos pais e pessoas com mais de 30 anos, não entendem o que é tudo isso. Eles vêem na morte de Kurt um outro alarde falso. Eu provavelmente teria sentido a mesma coisa se não tivesse me tornado tão profundamente envolvido neste caso e nos eventos da morte de Kurt.
Ninguém é mais anti-drogas do que eu. O que muitos pais não entendem é que os jovens não gostam de Kurt por ele ter sido um usuário de drogas. Eles gostam de Kurt devido seu talento e pelo fato que ele foi basicamente uma pessoa honesta que não acreditava em corrupção a qual é freqüentemente trazida por voracidade e a busca do todo poderoso dólar.
Droga é um dos piores problemas do nosso país. É um dos mais perigosos e destrutivos problemas que alguém pode ter.
Mas, droga é também uma violação. Um erro. Uma decisão. Kurt não foi um arrogante quando se tratava do seu vício, mas sim, foi honesto. Ele não gostava da influência negativa que ele passava aos jovens por usar heroína.



 Escrito por Thiago Leal às 12h24
[ ] [ envie esta mensagem ]



CONTINUAÇÃO...

Como nós lançamos a flecha da crítica aos usuários de drogas, muitos de nós poder dizer que violamos e merecemos a imperfeição da condenação.
Kurt foi determinado não deixando a mesquinharia controlar sua vida. Ele perdeu alguns combates menores na ocasião devido a pressão de alguns a sua volta. Mas, com violação e tudo, este garoto foi real! Eu cresci admirando Kurt e aprendi mais sobre ele.
Eu fui escrevendo cartas para pessoas jovens as quais me disseram que ficaram deprimidos depois da morte de Kurt e que também consideram um assassinato. Eu realizei muitas pesquisas.
Por favor, não permita que nada influencie você. Todos temos horas difíceis, mas a vida é melhor vivida se você der o melhor de si.
Quando você estiver para baixo, olhe em sua volta. Há sempre alguém pronto para lhe ajudar.

 

 

COURTNEY LOVE
(POR DENTRO)

A personalidade de Courtney pode ser descrita por repórteres e escritores como, extravagante, banal e provocativa. Mas Courtney usa sua aparência de boneca, suas ações e seu às vezes ultrajante procedimento o que demonstra graves problemas psicológicos.
Como um investigador procura por respostas para uma morte misteriosa, eu vi Courtney de diferentes modos.
Eu achei Courtney extremamente inteligente. Ela é também uma psicopata, uma mentirosa e uma oportunista que se aproveita de qualquer pessoa e qualquer situação para promover a si mesma e sua ambição de fama e fortuna.
Não, eu não sou um psicólogo. A condição mental de Courtney é tão óbvia que eu não acredito que alguém no primeiro ano de psicologia não identifique o problema. A mídia pode ver Courtney como uma pessoa que é interessante. Eu vejo Courtney como uma pessoa perigosa.
A especialidade de Courtney está na fantástica habilidade de manipular homens para servir os seus propósitos e servir suas necessidades. Ela muda sua personalidade como um camaleão. Ela está acostumada a se tornar a vítima quando ela é desaprovada. Ela freqüentemente usa sua cara de boneca mais doce e vulnerável enquanto agradavelmente admite, Eu nunca aleguei ser um anjo Courtney pode chorar por um capricho. Ela usa habilidade para ganhar simpatia. Courtney poderá também admitir ser uma mentirosa e oportunista. Ela usa títulos como símbolo de honra, depois usa sua mentira habitual como um álibi!
Esta é uma das mais confusas observações. Ela se justifica com um encolher de ombros, Bem, esta é apenas Courtney!
O que realmente há dentro dessa mente caótica? Escute enquanto Courtney fala. Leia suas entrevistas cuidadosamente. Ela ira dizer a você com suas próprias palavras!
CONVERSA NO TELEFONE COM TOM GRANT
03 de Abril, 1994
Em meu mundo, pessoas são minhas propriedades, então elas não me fodem...
US MAGAZINE
Agosto, 1994
Brilhante, sim, mas uma estrela de rock? Kurt? Não. Ele estava sendo mais famoso do que dois de nós.
Eu finalmente disse, eu não estou na Terra para f--der uma estrela de rock, eu estou aqui para ser uma estrela de rock. Eu me criaria sozinha.
ROLLING STONE
15 de Dezembro, 1994
Meu lema é, Não transe comigo. Na vida real...real, vida real, eu sou supersensitiva.
Minhas vitórias me fazem viver... Mas se você acha que vai me impedir de chegar onde estou chegando, não você não vai.
ENTERTAINMENT WEEKLY
12 de Agosto, 1994
(Uma nota na America Online...para aqueles que ela sente estar tirando proveito da morte de Kurt)...
Eu sou fogo, vocês fodidos... ter medo... ser fodido de medo.



 Escrito por Thiago Leal às 12h20
[ ] [ envie esta mensagem ]